Friday, August 10, 2018

Rumo recebe emprestimo de R$2,89 bilhões para melhorar ferrovias e aumento da capacidade de carga

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou empréstimo de R$2,89 bilhões à Rumo S.A. voltado a trabalhos de melhorias na infraestrutura do transporte ferroviário de cargas em trechos operados pela empresa que incluem o principal corredor de escoamento agrícola do País e acesso aos portos de Santos e Paranaguá. Do total financiado pelo BNDES, R$ 1,16 bilhão será destinado à Malha Norte, trecho de 754 km que vai de Rondonópolis (MT) até a divisa com São Paulo, na região de Aparecida do Taboado (MS). A Malha Paulista, trecho de 1.989 km que liga a Baixada Santista às cidades de Santa Fé do Sul/SP (onde se conecta com a Malha Norte), Panorama/SP e Colômbia/SP, receberá R$ 1,076 bilhões em investimentos. E a Malha Sul, trecho ferroviário de 7.265 km distribuído em toda a região sul do Brasil, desde o sul do estado do Rio Grande do Sul até o trecho sul do estado de São Paulo, terá investimentos de R$ 650 milhões que estarão concentrados no Estado do Paraná, na via que dá acesso ao porto de Paranaguá. Os trabalhos incluem a construção de novos pátios de cruzamentos, melhorias na via permanente, aquisição e modernização de vagões e locomotivas, além de investimentos no Complexo Intermodal de Rondonópolis. Complexo Intermodal de Rondonópolis é fundamental para o escoamento de grãos, ele passará por transformações que visam aumentar a capacidade estática de armazenamento de grãos e a implantação de estrutura para operação de fertilizantes, carga de retorno dos vagões que retornam do Porto de Santos com destino ao Mato Grosso. A estimativa é de que a capacidade de transporte de fertilizantes alcance 7,5 milhões de toneladas por ano.
Glabalfert - 10/08/2018
See this news in: english espanhol
Other news
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 third floor 01452-001 São Paulo/SP