Monday, May 13, 2019

Conectividade no campo será fronteira de expansão de teles

De olho na demanda do agronegócio, as operadoras de telefonia estão levando soluções de conectividade ao campo. Aumento da área de cobertura também traz perspectiva de novos mercados para celulares e internet móvel. “O grande desafio do agronegócio no Brasil é fazer uso das novas tecnologias existentes em máquinas e equipamentos. Para isso funcionar de forma efetiva, é preciso conectividade, que não existe em todas as áreas produtivas. A ideia é cobrir esse buraco”, declarou o diretor de negócios de Internet das Coisas da Embratel, Eduardo Polidoro.Ele explica que o Grupo Claro Brasil tem desenvolvido projetos diretamente com produtores rurais. “Atuamos para levar aos clientes torres de transmissão e até soluções de energia solar, caso não exista energia elétrica disponível no local.” As soluções de conectividade e de Internet das Coisas possibilitam ao agronegócio acesso remoto e envio de informações dos equipamentos, como tratores e colheitadeiras, permitindo monitorar o comportamento e produção da plantação e colheita.Polidoro conta que além de grandes produtores, os projetos contemplam cooperativas. “Trabalhamos de forma que pode ser operado por meio de um modelo de pagamento mensal.”
DCI - 13/05/2019
See this news in: english espanhol
Other news
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 third floor 01452-001 São Paulo/SP