segunda-feira, 31 de outubro, 2016

Comércio tem estoques elevados e projeta Natal fraco

Cerca de um terço dos comerciantes brasileiros ainda avalia que seus estoques estão acima do adequado, dada a baixa perspectiva de vendas para os próximos meses, segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).
A projeção é de que o desempenho do Natal deste ano seja 3,5% pior que o de 2015, afirma Izis Ferreira, economista da entidade. "Os empresários têm feito ajustes em seus pedidos desde o início deste ano, e a situação começou a evoluir a partir de abril, quando a taxa de estoque chegou ao pior nível da série histórica, mas o índice ainda é preocupante."
Em outubro, a intenção dos comerciantes de investir em abastecimento de produtos foi 4,2% menor que no mesmo mês do ano passado. A perspectiva de novas contratações nos próximos meses aumentou 21% na comparação anual.
Ainda assim, mesmo com a proximidade do Natal, 44,5% dos comerciantes afirmaram que vão reduzir o número de funcionários no curto prazo. Em outubro de 2015, a taxa era de 59,4%.
Apesar da baixa projeção de investimento, a confiança dos comerciantes cresceu 18,7% em outubro, em relação ao mesmo mês de 2015.
O índice foi puxado principalmente pela melhora da percepção da economia do país (alta anual de 101%), do desempenho do setor como um todo (35,8%) e da própria empresa (15,7%). A expectativa geral dos empresários para os próximos seis meses cresceu 21%.
Supermercado Moderno
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP