quarta-feira, 19 de outubro, 2016

Crescem vendas de água de coco e chá

A água de coco envasada e os chás prontos são as únicas categorias de bebidas não alcoólicas que crescem em vendas neste ano, de acordo com dados da consultoria Nielsen. No acumulado de janeiro a agosto, as vendas de água de coco avançaram 5,3% em volume, em comparação com o mesmo período de 2015. As vendas de chás prontos aumentaram 0,9% no mesmo intervalo. O mercado de bebidas não alcoólicas como um todo encolheu 7,2%.
Marcelo Fazio, gerente de contas da Nielsen para o mercado de bebidas, observa que a expansão da água de coco não se deve apenas ao seu apelo de produto saudável. "A categoria teve redução mais forte nos preços neste ano. Excluindo a inflação, os preços da água de coco baixaram, em média, 7,2%. Foi a maneira que os fabricantes encontraram para manter a demanda aquecida de um produto que é de consumo supérfluo", afirma Fazio.
Já na categoria de bebidas alcoólicas, a retração no acumulado de janeiro a agosto foi de 4,4% em volume de vendas. Entre as categorias avaliadas pela Nielsen, as vendas de uísque encolheram 9,1% e as de rum tiveram queda de 26%. A cachaça, destilado mais vendido no País, teve retração de 0,4%. As vendas de vodca também encolheram no período, em 2,1%.
Fazio observa que as categorias com preço mais baixo por litro apresentaram mais resistência neste ano de crise. "A queda mais forte em uísque e rum deve-se a dois fatores: o preço e a concentração do consumo desses produtos em bares", afirma.
Na avaliação da Nielsen, a tendência para o fim de 2016 e para 2017 ainda é de retração no consumo de bebidas alcoólicas, principalmente em bares. "As bebidas de preços mais baixos terão desempenho melhor. Para as demais bebidas alcoólicas, haverá retração, no máximo estabilidade", diz o analista.
Supermercado Moderno
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP