quinta-feira, 22 de dezembro, 2016

Intenção do brasileiro é poupar no Natal e ser econômico em 2017

Para este Natal, a regra é economizar e não entrar em dívidas, segundo o estudo de Natal e Ano Novo desenvolvido pela Kantar TNS com 984 consumidores online das regiões Sudeste, Sul, Nordeste e Centro do Brasil. Para 47% dos entrevistados, a sensação é de preocupação em relação ao futuro, enquanto 37% voltaram a ser otimistas e 80% declararam que pretendem economizar mais.
Para se ter uma ideia da cautela, neste Natal o tíquete médio dos presentes cai na comparação com o ano passado: R$1.215 contra R$1.243 de 2015, sendo que as mulheres são as mais cautelosas em seus investimentos.
Em relação aos desejos para o novo ano, os entrevistados demonstram que o consumo será mais cauteloso: 72% desejam aumentar a renda, 65% guardar dinheiro, 44% comprar ou trocar a casa e 39% comprar ou trocar de carro . Em relação Às questões profissionais, 50% desejam um novo trabalho e/ou mudar de emprego e 47% mais equilibro com menos estresse.
De acordo com o estudo, 40% dos brasileiros indicaram que o 13º salário será destinado para pagar dívidas e 36% para fazer investimento. Com essas prioridades existe uma tendência de redução nas compras de presentes em geral.
Preferência
Os presentes mais populares neste Natal serão roupas ou sapatos (53%) e brinquedos (39%). Perfumes e chocolates/panetones tiveram um aumento significativo: 37% e 30% respectivamente, enquanto em 2015, o número era de 33% e 25%. Produtos tecnológicos (celulares e tablet) estão entre os menos procurados com, 16% e 9%, respectivamente.
Propmark
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP