quinta-feira, 27 de abril, 2017

Vendas da Unilever crescem no mundo mas caem no Brasil e EUA

A Unilever registrou um aumento de 6,1% na receita do primeiro trimestre, para 13,3 bilhões de euros, na comparação anual. O resultado foi beneficiado, mais uma vez, pelo aumento dos preços, que compensaram o desempenho fraco em mercados desenvolvidos como a Europa e os Estados Unidos.
A gigante anglo-holandesa de bens de consumo registrou ainda aumento de 2,9% nas vendas ajustadas, que excluem o impacto da volatilidade cambial, superando as previsões dos analistas que apontavam para um crescimento de 2%.
A receita ajustada nos mercados emergentes subiu 6,1% no primeiro trimestre, em comparação ao crescimento de 8,3% no ano anterior. Já nos mercados desenvolvidos, as vendas recuaram 1,5%, contra queda de 0,3% observada no ano anterior, com destaque para os Estados Unidos.
Graeme Pitkethly, diretor financeiro da Unilever, descreveu o declínio nos EUA como “algo inesperado”, citando uma desaceleração nas restituições de impostos, preocupações na comunidade hispânica depois da eleição do presidente Donald Trump, o mau tempo e os preços dos combustíveis como fatores possíveis.
Com relação ao Brasil, a companhia afirmou que continua sendo afetada negativamente pela crise econômica, registrando declínio nas vendas.
Supermercado Moderno - 26/04/2017
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP