sexta-feira, 05 de janeiro, 2018

Monsanto prevê ano forte, com mais soja e pesticida

São Paulo – A empresa de sementes e agroquímicos Monsanto prevê um ano forte, ajudada por preços mais altos de um importante produto usado em pesticidas e uma melhor demanda global por soja.
A companhia, em processo de aquisição pela alemã Bayer, afirmou que o preço do glifosato, principal ingrediente de seu herbicida mais vendido, o “Roundup”, deve subir em 2018.
A Monsanto informou que as vendas de sua unidade agrícola –sua segunda maior em receita– aumentaram 11%, ajudadas principalmente pelo preço do glifosato. As vendas de sementes de soja subiram 21,3 por cento, para 728 milhões de dólares, elevando marginalmente a receita líquida total da companhia para 2,66 bilhões de dólares no primeiro trimestre.
A Monsanto está apostando em variedades mais novas de sementes para dominar a produção de soja nos Estados Unidos, o segundo maior exportador do mundo da oleaginosa.
O lucro líquido da Monsanto subiu para 169 milhões de dólares, ou 38 centavos por ação, no primeiro trimestre, encerrado em 30 de novembro, frente a 29 milhões de dólares, ou 7 centavos por ação, em igual momento do ano anterior.
A companhia registrou no último trimestre um ganho não recorrente pela venda de ativos.
Exame – 04/01/2018
Produtos relacionados
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP