sexta-feira, 12 de janeiro, 2018

Preços Acumulam Alta de 1,43% em 2017, diz Sincomavi

O nível geral de preços de materiais de construção no Estado de São Paulo acumulou uma alta de 1,43% em 2017, após uma queda de 0,12% registrada em dezembro, afirmou o Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Maquinismos, Ferragens, Tintas, Louças e Vidros da Grande São Paulo (Sincomavi). Segundo o Sindicato, o resultado representa um recuo significativo em relação ao ano anterior, período no qual ocorreu uma elevação de 2,80%. "Esta é a variação mais amena para o período anual desde 2011, quando a inflação do setor em território paulista alcançou 1,23%", comenta o economista Jaime Vasconcelos, do Departamento de Economia e Pesquisas do Sincomavi.
A deflação de dezembro de 2017, de - 0,12%, representou também um cenário oposto ao verificado em novembro, que contou com aumento de 1,22%, bem como em relação a dezembro de 2016, que teve valor positivo de 0,09%. A inflação dos materiais de construção do Estado de São Paulo deriva do INCC/SINAPI, indicador calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A partir dos subitens do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) / IBGE do mês de dezembro na Região Metropolitana de São Paulo foi possível verificar a redução nos preços de Ferragens (-1,43%) e Revestimentos de piso e parede (-2.65%).
Giro News - 10/01/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP