quarta-feira, 07 de fevereiro, 2018

Garrafa de água que reduz 200 toneladas no consumo de plástico ganha prêmio internacional da categoria

Se o assunto é sustentabilidade, inovações no ramo de embalagens fazem toda diferença para o meio ambiente. Pensando nisso, a Plastipak Packaging do Brasil, referência internacional em qualidade e tendências no setor, em parceria com a Hélios, empresa de água mineral sediada na zona da Mata em Minas Gerais, desenvolveu uma garrafa de água mais leve, que demanda menor consumo de matéria-prima. A novidade, que reduz em até 200 toneladas anuais o consumo de plástico, garantiu o Prêmio ABRE e World Packaging Organization Award, uma certificação internacional renomada da categoria. O corte no uso de matéria-prima para produzir a embalagem corresponde a mais de 2 milhões de garrafas de água de 500ml. Em forma de comparação, se elas fossem colocadas lado a lado, formariam uma linha de 420 km, mais do que o equivalente à distância entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. “A otimização da geometria da garrafa e da preforma foram pensadas integradamente para atingir esse peso mais leve. Durante todo o processo, demos apoio técnico tanto na parte estrutural como no desenho do frasco, que é fundamental para o bom desempenho e resistência desse formato”, afirma Evandro Pereira, diretor geral da Plastipak Packaging do Brasil. A fim de chegar ao resultado mais sustentável possível, a preforma escolhida para a garrafa mais leve foi de 9,7g, contra os 4,2g a mais da anterior, que possuía 13,9g. Além da economia de consumo de plástico e de diminuição de combustível durante o transporte, outra grande vantagem está na facilidade de abertura, com apenas ½ volta se consegue abrir e fechar a embalagem, trazendo maior conveniência para o consumidor. A frequente preocupação do consumidor com a qualidade de vida, saúde e bem-estar tem sido fundamental para impulsionar novidades como esta. “A embalagem é parte integrante da cadeia produtiva dos alimentos, por isso a Plastipak preza por minimizar os impactos ambientais e cuidar do mundo que as futuras gerações vão habitar”, explica Pereira. Todo esse cenário confirma as influências do consumidor no setor. Suas necessidades e hábitos mudam rapidamente, e as indústrias do segmento devem estar atentas e acompanhar essas mudanças. Design, praticidade, preservação e segurança alimentar são os fatores mais levados em consideração na decisão da compra. Ele está cada vez mais exigente e quer transparência, de forma a ser informado sobre toda a procedência do produto desde a produção até a chegada em suas mãos. É preciso pensar na conveniência, abrangendo o processo do início ao fim. “A Plastipak Packaging do Brasil trabalha para atender a cadeia de valor como um todo, desde os seus fornecedores até o consumidor final em parceria com seus clientes. Estar mais perto desse público e do mercado possibilita investirmos em tecnologias e inovações que irão atender e superar suas expectativas”, destaca Pereira. Dados para referência de mercado: ∙ O mercado brasileiro de embalagens movimentou R$ 60,6 bilhões em 2016, sendo 40% provenientes de embalagens plásticas ∙ Representa, aproximadamente, 1% do PIB nacional (referência: FGV/ABRE) ∙ Gera 216 mil postos de trabalho ∙ 80% dos produtos expostos no PDV utilizam apenas e exclusivamente a embalagem como forma de divulgação (referência: POPAI Brasil) Dados para referência da Plastipak Packaging do Brasil: ∙ Produz mais de 40 bilhões de embalagens por ano ∙ Possui mais de 1000 patentes ao redor do mundo ∙ Atende 137 indústrias e 225 marcas no Brasil ∙ Mais de 100 gramaturas de preformas disponíveis que atendem às embalagens de 50 ml até 20 litros ∙ Possui soluções em diversas categorias, tais como: alimentos, bebidas, produtos de limpeza e cuidados pessoais ∙ Ganhadora do Prêmio ABRE 2016 pelo desenvolvimento de garrafa de lácteos para Jussara Jump e pelo desenvolvimento do Pote oval Heinz, que também foi vencedor do Prêmio WPO de embalagem. ∙ Ganhadora do Prêmio ABRE 2015 pelo desenvolvimento de garrafa em PET para leite UHT 100% reciclável para a marca Jussara e, também, pelo desenvolvimento de solução em PET para água sanitária. ∙ Desenvolvimento da embalagem Ninho Fruti da Nestlé, que resultou em uma das menores preformas disponíveis no mercado, reconhecida pelo Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira e pela World Packaging Organization em 2014.
Embalagem e Tecnologia - 24/02/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP