quinta-feira, 17 de maio, 2018

Mercado de produtos para pet segue em alta

O Brasil já é o terceiro maior mercado mundial de produtos e serviços para animais de estimação, segundo o Euromonitor. No ano passado, apesar das turbulências econômicas no País, esse segmento faturou R$ 25 bilhões, valor 7% superior ao registrado em 2016, de acordo com estimativas do Instituto Pet Brasil. A tendência continua sendo extremamente positiva para o mercado Pet no Brasil neste e nos próximos anos. Segundo o IBGE, são mais de 132 milhões de animais de estimação no País. Pesquisa global da consultoria GfK mostra que 56% da população mundial têm ao menos um pet em casa; já no Brasil esse índice é de 75%. Grandes concorrentes dos supermercados na comercialização de produtos para pets são as lojas especializadas. A ABINPET estima que estejam em operação 87.170 estabelecimentos comerciais de pets em todo o Brasil. Esse setor gera quase dois milhões de empregos e exige cada vez mais profissionais. O site de vagas de emprego Adzuna.com.br comprova o aquecimento nas contratações para o segmento e revela que há oportunidades para todos os graus de escolaridade em diversas funções, como atendentes, repositores, vendedores, caixas, tosador, veterinário, entre outras. A maioria das vagas abertas está nas Regiões Sul e Sudeste, porém os dados da Adzuna mostram que Norte e Nordeste oferecem os melhores salários do Varejo Pet brasileiro. Enquanto a média salarial do Sudeste é de R$ 2.049, no Norte e Nordeste chega a R$ 2.198, bem acima da menor média salarial, que é de R$ 1.519 no Centro-Oeste. De acordo com a Adzuna, três características são fundamentais a quem pretende trabalhar no varejo pet: amor genuíno por animais, aprendizado contínuo e disponibilidade de horário.
Supermercado Moderno - 16/05/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP