quarta-feira, 13 de junho, 2018

Com oferta menor, preço do frango está em alta

Após acumular queda desde o começo do ano, o preço do frango congelado vendido no atacado registrou alta de 44,48% no estado de São Paulo, durante os primeiros 11 dias do mês de junho. Os dados são do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da Esalq-USP. O preço do frango resfriado também aumentou. Na primeira semana após os caminhoneiros retomarem suas atividades, o reajuste foi de 12% na capital paulista, segundo informação da Fundação Procon-SP. A elevação no preço do frango nesse momento é consequência da greve dos caminhoneiros, período em que 7% da produção foi perdida. Mas na avaliação de Maristela de Mello Martins, analista de mercado do Cepea, a diminuição do estoque também permitiu que os produtores começassem a passar adiante parte do prejuízo acumulado devido a seguidas altas do milho e da soja, utilizados para ração, e que, antes da greve, não era repassado por causa do excesso de aves no mercado. Um dos motivos da grande oferta de frango que havia no mercado nacional foi o embargo da União Europeia às exportações dos frigoríficos brasileiros em abril. Para Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), os efeitos da greve reequilibraram o preço. "O frango vai subir, mas é um movimento de retomada aos valores que não poderiam ser repassados porque havia muita oferta", afirma.
Supermercado Moderno - 12/06/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP