segunda-feira, 11 de junho, 2018

Inflação dos alimentos sobe em maio, mês da greve

O preço dos alimentos consumidos em casa aumentou 0,36% no mês de maio, em comparação com abril. A maior alta, de 32,36%, foi da cebola, seguida da batata inglesa, cuja elevação de preço foi de 17,51%. Os dados são do IPCA, divulgado hoje pelo IBGE. Quando considerado o grupo de Alimentação e Bebidas, no qual são considerados também os preços de bares e restaurantes, a inflação teve alta de 0,32%. Esse grupo de preços, responsável por um quarto dos gastos das famílias brasileiras, vinha apresentando comportamento benigno desde o ano passado, impulsionado pelas boas safras agrícolas. Pressão sobre os preços de alimentos já era prevista por analistas em razão dos 11 dias de greve dos caminhoneiros, cujo impacto foi bastante sentido no abastecimento. No entanto o IBGE não atribui a elevação de preços exclusivamente à paralisação, uma vez que a pesquisa é feita em quatro blocos de coleta ao longo do mês e apenas no último bloco havia efeitos da greve. O IPCA de maio subiu 0,40%, avanço bem superior à inflação de 0,22% registrada em abril. Além dos alimentos, alta nos preços de combustíves e energia elétrica tiveram forte influência no resultado.
Supermercado Moderno - 08/06/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP