Notícias por Grupos (Pilhas secas)
ID NoticiaTituloFonteResumoLinkData NoticiaProdutoID_1Produto_1ProdutoKey_1ProdutoID_2Produto_2ProdutoKey_2ProdutoID_3Produto_3ProdutoKey_3
Portfólio da P&G cai pela metade em dois anos

21/12/2016 - A opção por ter menos produtos, para simplificar a gestão, foi tomada pela matriz da P&G em 2014. Na época a companhia vendeu a Duracell para a Berkshire Hathaway; transferiu 43 marcas de artigos para cabelo à Coty, incluindo Wella e Koleston. E no Brasil, a pomada Hipoglós foi vendida à Johnson & Johnson.

Panasonic deixará de produzir telas de LCD, diz jornal

31/05/2016 - A Panasonic pretende interromper a produção de telas de LCD para televisões em sua fábrica em Hyogo, no Japão, até o fim de setembro, disse nesta segunda-feira o jornal Nikkei.

Philips venderá ao menos 25% de unidade de iluminação em IPO

04/05/2016 - AMSTERDÃ - A Philips planeja vender pelo menos 25 por cento de sua divisão de produtos para iluminação, que é a maior fabricante de lâmpadas do mundo, no mercado de ações e se focar na unidade de equipamentos médicos, disse a companhia nesta terça-feira.

Duracell estima crescer 5% este ano

30/03/2016 - A Berkshire Hathaway, fundo de investimento de Warren Buffett, é a nova proprietária da Duracell. A marca, que acaba de se transformar em uma empresa independente de energia portátil, com foco em pilhas alcalinas e recarregáveis, além de carregadores, agora é conhecida como Duracell Company.

Falta pilha na lista de compras dos brasileiros

28/03/2016 - As vendas de pilhas no mercado brasileiro cresceram 4,8% em valor, mas recuaram 3,4% em volume no ano passado, segundo a consultoria Nielsen. A migração das pilhas de zinco, mais baratas, para alcalinas, que duram mais, justificam o aumento dos gastos e, em parte, a queda da frequência de compras, mas a desaceleração econômica não poupou o setor, que até 2014 crescia 5% em unidades. Na Duracell, líder em alcalinas, melhorar a distribuição no varejo e estimular a transição para as pilhas de maior

P&G pretende separar ou vender Duracell

27/10/2014 - A baixa contábil de US$ 932 milhões em relação às operações de pilhas e baterias da americana Procter & Gamble (P&G) anunciada na sexta-feira em seu balanço do primeiro trimestre fiscal é também uma preparação para a venda da Duracell. A companhia informou que, depois de vender a fatia em um empreendimento conjunto da área na China, pretende cindir a Duracell em uma nova empresa, com o mesmo nome.

PHILIPS REGISTRA PREJUÍZO DE 104 MILHÕES DE EUROS

21/10/2014 - Segundo balanço divulgado, pela empresa, nesta segunda-feira (20), a fabricante obteve um prejuízo líquido de € 104 milhões, no terceiro trimestre de 2014. No mesmo período do ano anterior, o lucro havia sido de € 282 milhões. A receita líquida da empresa teve uma queda de 0,9% de julho a setembro, para € 5,55 bilhões. Já a linha de balanço subiu 15,4% para € 3,72 bilhões, já comprometendo o resultado.

Philips sai de lucro para prejuízo de 104 milhões de euros no 3º tri

20/10/2014 - A fabricante de eletrônicos Royal Philips, da Holanda, enfrentou prejuízo líquido de 104 milhões de euros no terceiro trimestre, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira pela empresa. No mesmo período do ano passado, o lucro havia sido de 282 milhões de euros. As cifras levam em conta a parcela atribuída a controladores.

PHILIPS ANUNCIA DIVISÃO DO GRUPO

23/09/2014 - A empresa holandesa anunciou nesta terça-feira, 23, a divisão do grupo em duas empresas distintas - uma com as atividades de iluminação e outras com as de saúde e estilos de vida, que compartilharão o nome da empresa.

Philips vê melhora no lucro do 2o semestre com corte de custos

21/07/2014 - A Philips disse nesta segunda-feira que espera que seu lucro operacional suba na segunda metade do ano após medidas de redução de custos, mas afirmou que 2014 ainda será um ano desafiador.

Panasonic estampa pilhas com imagem de Neymar Jr.

10/06/2014 - A Panasonic lançou uma nova roupagem para suas pilhas alcalinas com a imagem do jogador Neymar Jr., embaixador da marca.

Panasonic quer dobrar receita no Brasil em cinco anos

27/05/2014 - O Brasil tende a ganhar mais espaço nos negócios da Panasonic com a Olimpíada 2016 e como plataforma de exportação para países da América Latina. A japonesa inaugurou, nesta sexta-feira, 23, seu primeiro escritório no Rio de Janeiro, onde concentrará o desenvolvimento de projetos voltados aos Jogos Olímpicos, patrocinados pela marca há 26 anos. Em linha com a estratégia global da companhia, o foco será a venda de produtos e soluções para outras empresas, o chamado B2B. O País será a base para de

P&G investe R$ 1 bi na produção até 2015

29/04/2014 - A Procter & Gamble, maior fabricante de bens de consumo do mundo e dona de marcas como Pantene, Pampers, Gillette e Ariel, vai investir R$ 1 bilhão para ampliar a capacidade de produção no Brasil, onde tem seis fábricas e emprega 5 mil pessoas. A informação foi dada ontem, ao Valor, pelo presidente da P&G no Brasil, Alberto Carvalho.

Pilhas da Panasonic têm Neymar nas embalagens

26/11/2013 - A Panasonic apresenta uma embalagem de suas pilhas com a imagem do jogador do Barcelona Neymar, que é o “embaixador” da marca.

Tags relacionadas
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP